mod_dmt_social

Ônibus Híbrido

Hidrogênio com tração elétrica

Ônibus Híbrido

Ônibus H2

Elevador para Cadeira de rodas

Ônibus H2

Ônibus H2+2

Apresentado na Rio+20

Ônibus H2+2

Estande da COPPE

Parque dos Atletas, situado próximo ao Riocentro

Estande da COPPE

Ônibus H2

COPPE na Rio+20

Ônibus H2

Ônibus Híbrido

Ônibus Híbrido a Hidrogênio

Ônibus Híbrido

3º Protótipo

 

Captura de Tela 2016-08-08 as 12.46.13

 

2º Protótipo

BRASIL DÁ UM BAILE DE TECNOLOGIA NA RIO +20

BRASIL DÁ UM BAILE DE TECNOLOGIA NA RIO +20

Brasil surpreende o mundo com tecnologias de transportes limpos na Rio +20Indústria e centros de pesquisas acadêmicos apresentam diversas soluções para os transportes coletivos se tornarem ainda mais sustentáveis. Faltam...

Conheça o ônibus Híbrido H2+2 desenvolvido pela COPPE/UFRJ e apresentado durante a Rio +20

Conheça o ônibus Híbrido H2+2 desenvolvido pela COPPE/UFRJ e apresentado durante a Rio +20

  Veículo possui autonomia de 300 km.  O Laboratório de Hidrogênio (LabH2) da COPPE, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolveu a segunda versão do ônibus elétrico híbrido a hidrogênio (H2+2) do Brasil,...

Programação da Coppe na Rio +20

Programação da Coppe na Rio +20

    Programação da Coppe na Rio+20 começa na próxima quarta.   Palestras na Cidade Universitária, inauguração de exposição multimídia e lançamento do ônibus H2+ 2, no Parque dos Atletas, compõem a programação do...

1º Protótipo

 

 

4

 

 

Conheça o ônibus Híbrido H2+2 desenvolvido pela COPPE/UFRJ e apresentado durante a Rio +20

 

Veículo possui autonomia de 300 km. 

O Laboratório de Hidrogênio (LabH2) da COPPE, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolveu a segunda versão do ônibus elétrico híbrido a hidrogênio (H2+2) do Brasil, com tecnologia integralmente nacional e que será apresentado durante a conferência Rio+20.

O veículo vem sendo desenvolvido, desde 2010 (versão do ônibus H2), pela COPPE em parceria com a Tracel, Fetranspor e com as secretarias municipal e estadual de transportes. Em 2012, a nova versão, denominada de ônibus H2+2, com menores custos (30%) e menor consumo de hidrogênio (40%), será apresentada na Rio+20, como sinalizadora do compromisso ecológico do Rio de Janeiro e do Brasil.

O ônibus elétrico híbrido a hidrogênio possui autonomia para 300 quilômetros (187 milhas) com uma carga completa das baterias elétricas.

Um terço da autonomia do veículo é produzida por energia elétrica obtida diretamente de uma tomada elétrica comum.

O restante da energia (cerca de dois terços) é produzido dentro do próprio ônibus por uma pilha combustível alimentada com hidrogênio e por um sistema de regeneração da energia cinética que entra em funcionamento durante a frenagem. A frenagem regenerativa é utilizada em vários veículos e também nos carros de Fórmula 1. No ônibus, a frenagem regenerativa possui o objetivo de economizar combustível, aumentando a eficiência energética.

O novo ônibus desenvolvido pela COPPE possui um sistema integrado computadorizado de controle inteligente da distribuição de energia elétrica para os vários sistemas elétricos do veículo (tração do motor, acionamento de portas, funcionamento dos faróis etc).

O projeto pretende oferecer uma alternativa para os ônibus a diesel, que são poluentes e promovem enorme quantidade de ruídos.

O ônibus H2+2 desenvolvido pela COPPE fará inicialmente o trajeto interno do campus da Ilha do Fundão (maior campus da UFRJ) servindo a alunos, funcionários e docentes, mas poderá estar rodando em outras ruas do Rio de Janeiro durante a Copa do Mundo de 2014.

O veículo é extremamente silencioso, com maior eficiência que os ônibus a diesel, baixo custo de manutenção e com zero emissão de poluentes.

 

Fonte: InfoJornal




Realização



logo    marca coppe    UFRJ    tracel




Apoio



horizontal full color    LOGO-PD-ANEEL    Ped-Aneel    




Copyright © 2016 unicast